Archive for julho \26\UTC 2010

openSUSE 11.0 chega ao fim da vida

Olá pessoal,

<!–

Apenas para ciência de vocês, hoje acabou o tempo de vida do openSUSE 11.0, conforme anúncio:

http://lists.opensuse.org/opensuse-announce/2010-07/msg00013.html (em inglês).

Aqueles que ainda tiverem o 11.0 instalado, sugiro atualizá-lo para uma versão mais recente, 11.3 de preferência.

abraços 😉

Anúncios

O openSUSE 11.3 acaba de sair!

ay, July 15th, 2010 by Bryen Yunashko Digg!

Olá pessoal,

Após alguns meses sem postar, segue a tradução do anúncio de lançamento do openSUSE 11.3, feito pelo Bryen Yunashko, membro do Conselho do openSUSE:

11.3 is here
O openSUSE 11.3 está aqui!

O Projeto openSUSE está feliz em anunciar o lançamento da última encarnação do openSUSE, com suporte à sistemas 32-bit e 64-bit. O openSUSE 11.3 vem empacotado com novos recursos e atualizações, incluindo o SpiderOak para sincronizar seus arquivos pela Internet de graça, o Rosegarden par edição gratuita de seus arquivos de áudio, indexação aprimorada com o Tracker e atualizações no Mozilla Firefox e Thunderbird.

Além destes novos recursos, o openSUSE também fornece suporte a netbooks e ao sistema de arquivos Btrfs. Os usuários podem ver suporte a hardware aprimorado com o kernel Linux 2.6.34, os drivers de vídeo atualizados e o suporte para a próxima geração da computação interativa para os touchscreens como o HP TouchSmart.


O openSUSE continu sua tradição de entregar as populares áreas de trabalho KDE, GNOME e Xfce e agora também fornece a área de trabalho leve LXDE. Com o GNOME, você pode usar a última versão 2.30.1 ou dar uma olhada no futuro GNOME 3.0. Ou escolher o KDE SC 4.4.4 para as últimas atualizações. Todos eles são bem integrados e polidos como costumam ser na distribuição openSUSE.

Clique nas capturas de tela das áreas de trabalho para uma visão completa ou veja a coleção completa das capturas de tela aqui.

GNOME Shell in GNOME 3.0
GNOME Shell no GNOME 3.0

Plasma Desktop on KDE SC 4.4.4

Área de trabalho Plasma no KDE SC 4.4.4

Para servidores e plataformas de desenvolvimento, os administradores podem ter a vantagem dos novos serviços MariaDB e MySQL Cluster bem como o Conntrack para filtrar os pacotes de rede para o iptables. Os desenvolvedores irão apreciar a gama de ferramentas disponível com o GCC, GDB e Mono e IDEs como o Netbeans, Qt-Creator e muitas outras. Isto tudo em cima das inúmeras bibliotecas disponíveis através do openSUSE Build Service (OBS).

Visite nossa página de destaques do produto para uma lista detalhada dos novos recursos.

A próxima versão será o openSUSE 11.4 em março de 2011. Obrigado e divirta-se!

fonte: http://news.opensuse.org/2010/07/15/opensuse-11-3-is-here/