openSUSE 11.1 Beta1 disponível

Olá pessoal,

Segue a tradução do e-mail do Christopher Thiel anunciando o openSUSE 11.1 Beta1

O projeto openSUSE está feliz em anunciar o primeiro beta do openSUSE 11.1. O openSUSE 11.1 inclui algumas melhorias e novos recursos comparados com a versão 11.0, incluindo novas versões do KDE, GNOME, do kernel do Linux, módulos do YaST aprimorados e muito mais!

Os ISOs deste lançamento foram criados usando o KIWI e os RPMs foram criados no openSUSE Build Service. Isto causou um pequeno atraso no lançamento do beta 1, mas faz parte da transição ao usar o openSUSE Build Service para todo o desenvolvimento do openSUSE.

O que há no openSUSE 11.1 beta 1?
==============================

Há muitas mudanças no 11.1, aqui estão algumas das mais notáveis melhorias, atualizações e novos recursos.

GNOME 2.24
* melhorias no PulseAudio (PulseAudio 0.9.12)
* Ekiga 3.0
* Empathy Instant Messenger baseado no framework Telepathy
* Melhorias no gerenciador de arquivos, incluindo o suporte a abas e a visualização “compacta”  no Nautilus
* Novos plug-ins do deskbar
* Novos controles de resolução
* Melhorias de acessibilidade
* Melhorias no gerenciamento de energia: adicionada uma aba para configurar o horário para acordar da suspensão/hibernação
* Banshee 1.3

KDE 3.5.10
* O openSUSE 11.1 incluirá o KDE 3.5.10 na mídia de DVD, mas será movido para a seleção  “outros gerenciadores de janela”.

KDE 4.1.x
* O KWin tem os efeito de composição habilitados por padrão, o teste será bem-vindo!
* Amarok 2.0 beta 1
* Painel com auto-esconder
* Efeito cubo do KWin
* Suporte à acessibilidade
* Suporte ao SVG “quase em toda parte”

* Habilitação básica do SELinux:
http://news.opensuse.org/2008/08/20/opensuse-to-add-selinux-basic-enablement-in-111/

Novos módulos do YaST
* Módulo YaST de impressoras reescrito:
http://en.opensuse.org/YaST/Development/Printer_Enhancement#Under_construction_for_openSUSE_11.1
* Módulo do YaST do Particionador reescrito: o teste é necessário!
* Módulo do YaST de Segurança reescrito: Verifica a segurança da configuração do seu sistema.

* Recursos de cluster stack alteraram significativamente a usabilidade e foi adotado o OpenAIS, um padrão na indústria também suportado por vendedores líderes, para sua infraestrutura central. Veja http://openais.org/ para maiores informações.

* Suporte para o Amazon’s Elastic Compute Cloud (EC2) — usando o KIWI, os usuários podem facilmente criar uma nuvem EC2 baseada no openSUSE 11.1. (Documentado aqui: http://svn.berlios.de/wsvn/kiwi/kiwi-head/doc/kiwi.pdf?op=file&rev=0&sc=0)

* Melhorias no OCFS2: Total intergração com o userspace cluster stack,
POSIX file locking, atributos estendidos e sistema de arquivos aumentado para quatro petabytes (4PiB).

* Melhorias no IPv6: o openSUSE pode ser instalado em um ambiente IPv6 e executar um servidor Web IPv6.

* Novos recursos BlueTooth com o BlueZ 4.6.

Também:
* Samba 3.2.3
* Python 2.6beta3 e 3.0beta3
* Linux kernel 2.6.27rc5
* Xen 3.3.1 RC
* PackageKit 0.3.2
* GCC 4.3.2
* X.org 7.4
* OpenOffice.org 3.0 RC

Veja http://distrowatch.com/table.php?distribution=suse para uma lista completa de pacotes e versões sendo shipped na versão Factory (desenvolvimento) da distribuição.

Bugs mais irritantes
==================

* Bug #427678: A chave do openSUSE-build-key está faltando no initrd. Contorno: clique em “Importar” na mensagem de erro da chave pública GnuPG, para importar a chave do openSUSE:Factory OBS Project.
* Bug #427664: openSUSE-images faltando na mídia de instalação.  Note: A instalação será lenta. As imagens serão adicionadas para o Beta2
* Bug #427692: A seleção do desktop ainda oferece o KDE3. Esta opção sairá no Beta2 e o KDE3 será movido para “outros gerenciadores de janela.”
* Bug #418585: Erro: Falha ao detectar as filas de impressão. Contorno: Apenas clique em OK.

* O OpenOffice.org foi dividido em novos pacotes para o 11.1beta1.  OpenOffice.org deve ser usável, mas existem vários bugs conhecidos:

+ Pacotes opcionais não são realmente opcionais, pois os arquivos de registro não estão corretamente espalhados nos subpacotes.
+ Os componentes Java e Python não estão registrados, por isso os assistentes não irão funcionar.
+ O diálogo para alterar o nível de segurança de macros está vazio (outros diálogos podem ser afetados).
+ O editor de macro não realça as linhas com pontos de quebra.
+ O editor de macro não marca a linha onde o código parou (seta).
+ Os diálogos “Ajuda” e “Modelo de” não têm ícones.
+ O assistente para selecionar o tipo de documento não é exibido.

Os bugs mais irritantes devem ser corrigidos antes do beta2 e beta3.

Veja a wiki par os últimos bugs mais irritantes:
http://en.opensuse.org/Bugs:Most_Annoying_Bugs_11.1_dev

Chamado para testes
=================

Por favor, lembre-se que esta é uma versão beta e não é apropriada para o uso em sistema de produção. No entanto, esta versão está pronta para inúmeros testes, e nós encorajamos todos a baixar e testar esta versão beta. Por favor, execute esta versão através de suas rotinas habituais e nos informe sobre qualquer bug ou outro problema que encontrar.

Se você quiser ajudar a testar usando os casos teste padrão, veja em http://openSUSE.org/Testing e em partucular vejas os novos recursos específicos do openSUSE 11.1: http://en.opensuse.org/Testing:Features_11.1 Esta é uma lista definitiva de novos recursos adicionados ao 11.1 que precisam de testes.

Para seguir os testes e o processo de desenvolvimento, nós sugerimos que você se inscreva a lista de discussão openSUSE-Factory, e entre no canal #openSUSE-Factory na Freenode para discutir o desenvolvimento do openSUSE.

Mídia e download
===================

O openSUSE 11.1 beta é apenas uma das versões que guiará a versão final da versão 11.1. Você pode encontrar o calendário completo na wiki do openSUSE: http://en.opensuse.org/Roadmap. Os downloads estão disponíveis em:

http://software.opensuse.org/developer

Veja http://en.opensuse.org/Mirror_Selection para uma lista completa de mirrors. Note que você não precisa escolher um mirror, mas você pode usar a lista de mirrors se você quiser selecionar um mirror manualmente.

Obrigado e divirta-se!


Christoph Thiel, Gerente Técnico de Projeto, Pesquisa e Desenvolvimento
SUSE LINUX Products GmbH, GF: Markus Rex, HRB 16746 (AG Nürnberg)

abraços 😉
Anúncios

5 responses to this post.

  1. […] por Luiz Fernando Ranghetti (elchevive68Θgmail·com) – referência […]

    Responder

  2. Posted by Olnei Araujo on domingo, 21 setembro 2008 at 23:44

    Legal. Será que resolveram o problema com o Evolution,na versão 11.0, que não importa os contatos apartir do arquivo de backup? Como tenho muitos contatos, só parei de usá-lo por este motivo.

    Responder

  3. Esse Empathy Instant Messenger suporta chamadas com audio e vídeo?

    Responder

  4. Olá,

    Infelizmente não uso o GNOME no openSUSE portanto não sei responder isto a vocês.

    abraços,

    Luiz

    Responder

  5. Sera que eles resolveram o problema do load cycle altissimo que o suse tem em notebook?

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: